Tejo e Douro unem-se pela proteção dos rios e peixes no Dia Mundial da Migração dos Peixes

Comunicado de imprensa | 10 de maio de 2022

Tejo e Douro unem-se 

pela proteção dos rios e peixes

proTEJO, #MovRioDouro e Rios Livres organizam 

atividades de sensibilização da população no dia 21 de maio,

Dia Mundial da Migração dos Peixes

Os movimentos proTEJO e #MovRioDouro, bem como o projeto do GEOTA, Rios Livres, uniram-se na defesa das bacias do Tejo e do Douro realizam, –  no Dia Mundial da Migração dos Peixes, 21 de Maio – várias atividades de sensibilização, gratuitas, nos rios Tejo e Sousa. 

Na bacia do Tejo, o proTEJO realiza a atividade POR UM TEJO LIVRE – Educação Ambiental sobre Peixes de Água Doce que tem várias iniciativas previstas para o dia, começando pelas 9h30, com uma sessão de Educação Ambiental para os mais jovens, na Escola Ciência Viva de Vila Nova da Barquinha, com o envolvimento da comunidade escolar sobre a importância dos rios livres para a conservação das espécies migratórias, que integrará apresentações do Projeto “Peixes de Água Doce Nativos”, do Livro Vermelho dos Peixes de Água Doce e Migradores e do Projeto “MEGAPREDATOR” MARE | Centro de Ciências do Mar e do Ambiente / Instituto Politécnico de Santarém – Escola Superior Agrária.

Pelas 11h30, no cais da Avenida dos Plátanos, o proTEJO vai realizar uma demonstração de pesca científica com a identificação, medição, pesagem, caracterização ambiental e recolha de tecidos de peixes, bem como uma demonstração de técnicas de amostragem científica, redinha, armadilhas de luz e redes de emalhar.

Com partida do Parque de Vilela, em Aveleda (Lousada), o #MovRioDouro vai celebrar o Dia Mundial da Migração dos Peixes, com uma caminhada junto ao rio Sousa, em plena Bacia do Douro, no dia 21 de maio, com partida prevista para as 9h15. O percurso, com cerca de 3km, permitirá aos participantes partir à descoberta da Paisagem Protegida Local do Sousa Superior e assistir a uma demonstração de pesca científica e à recolha de macroinvertebrados do rio. A caminhada contará com a presença de vários biólogos e cientistas e as inscrições – gratuitas mas obrigatórias – podem ser feitas aqui.

As atividades, integradas no Dia Mundial da Migração dos Peixes, contam com o apoio do projeto Rios Livres, do GEOTA, e pretendem sensibilizar  a população das bacias dos dois maiores rios da Península Ibérica para a “necessidade de proteger estes ecossistemas da construção de novas barreiras – como açudes e barragens – e de melhorar a regulamentação das existentes, promovendo verdadeiros caudais ecológicos e uma continuidade fluvial proporcionada por eficazes passagens para peixes e pequenas embarcações”.

Sobre o proTEJO:

O “Movimento Pelo Tejo”, designado abreviadamente como proTEJO, é um movimento de cidadania que assume a missão de sensibilizar e mobilizar os cidadãos na defesa e promoção da bacia hidrográfica do Tejo – rio Tejo e seus afluentes – nas vertentes ambiental, científica, cultural, social e patrimonial, em Portugal, trocando experiências e informação, para que se consolidem e amplifiquem as distintas acuações de organização e mobilização social. Promove a conservação dos pilares da vida do rio: a quantidade de água; a qualidade da água; a conectividade fluvial (sem barreiras); o património cultural associado ao rio; e a biodiversidade. Propõe-se a: desenvolver os conhecimentos científicos, tecnológicos e formativos; promover e realizar ações de educação e formação ambiental; realizar estudos e atividades editoriais e eventualmente promover outras ações através de conferências, cursos, seminários e colóquios. Rege-se pelos princípios e regras gerais, consignados universalmente em democracia, dando particular relevo à: Independência; Transparência; Cooperação.

Sobre o #MovRioDouro:

O #MovRioDouro é um movimento de cidadania em defesa dos rios da bacia hidrográfica do Douro, que congrega pessoas, membros da comunidade científica, grupos e associações para a defesa dos rios, através da troca de experiências e informação, da dinamização de ações conjuntas e da defesa de posições comuns junto da sociedade e decisores. Atuará com base numa agenda ambientalista e cidadã, de influência dos decisores e da sociedade, para mudanças efetivas na bacia do Douro. Rege-se pelos princípios: Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; Pessoas, Cultura e Território; Visão integrada; Independência e Reflexão Crítica; Cooperação e Participação; Transparência.

Sobre o Rios Livres GEOTA:

Rios Livres é um projeto do GEOTA – Grupo de Estudos do Ordenamento do Território e Ambiente, cuja missão é promover, proteger e restaurar os rios ibéricos em prol das pessoas e da natureza. Rios Livres é um projeto, único a nível nacional, e defende rios livres e em bom estado ecológico, mobilizando os cidadãos para a proteção e valorização das paisagens, ecossistemas e populações ribeirinhas. Defende ainda a não construção de barragens desnecessárias, promove a necessidade de remoção de barreiras obsoletas prejudiciais aos ecossistemas, apoia a constituição e as ações de movimentos em defesa das nossas bacias hidrográficas, e luta pela melhoria e pelo cumprimento da legislação no âmbito dos recursos hídricos.

Materiais de Comunicação

EVENTO NO MAPA DO DIA MUNDIAL DA MIGRAÇÃO DOS PEIXES – VILA NOVA DA BARQUINHA

MAPA MUNDO DE EVENTOS DO DIA MUNDIAL DA MIGRAÇÃO DOS PEIXES

LOCALIZAÇÃO – ESCOLA CIÊNCIA VIVACAIS DA AVENIDA DOS PLÁTANOS

EVENTO NO FACEBOOK

GALERIA DE FOTOS

CARTAZ IMPRESSÃO

CARTAZ INTERNET PT / ENGLISH/ ESPAÑOL

TRÍPTICO INTERNET PT / ENGLISH / ESPAÑOL

 

ADESIVO – LAMPREIASÁVELENGUIA

ADESIVO – LOVE FLOWSHAPPY FISH

HISTÓRIA FACEBOOK – proTEJO

CARTÕES DOURO E TEJO – A / B / C / 1 / 2 / 3 / 4

Mais informações

Paulo Constantino

E-mail: protejo.movimento@gmail.com

Tel: 919 061 3 30